Gustavo Nunes recebe apoio de Rosângela Reis

Em uma semana de muitas reviravoltas, o prefeito de Ipatinga, Gustavo Nunes e a deputada federal Rosângela Reis, viveram momentos opostos no cenário político municipal. Enquanto o atual chefe do executivo ainda não tinha partido e assim ter condições de disputar a cadeira em 6 de outubro; a parlamentar, que já havia lançado seu nome, garantindo que tinha inclusive o apoio do ex-presidente Jair Bolsonaro e de sua esposa, Michele, confirmava ainda sua condição de presidente do diretório municipal do Partido Liberal (PL).

Mas, em cenas dignas da antiga série televisiva 24 Horas, quase que nesse mesmo intervalo de tempo, entre segunda-feira, 1 e terça-feira, 2 de abril, a situação foi completamente alterada para ambos.

Agora, conforme anunciando aqui no Portal N em matéria anterior, Gustavo Nunes filiou-se ao PL e, com isso, será o candidato da legenda no próximo pleito municipal. Já Rosângela, que sonhava em finalmente disputar a prefeitura com chances reais de vitória, terá que se contentar em apenas “hipotecar seu apoio”, considerado importante na consolidação do projeto de Bolsonaro em conquistar o governo das principais cidades do interior de Minas, sendo Ipatinga uma dos principais, principalmente pelo seu poderio econômico.

E para firmar esse pacto, costurado e alinhavado pelo deputado federal e presidente do diretório estadual do PL, Domingos Sávio, a deputada e o prefeito estarão juntos, no próximo sábado, 6, no Encontro Regional do PL, marcado para começar às 10h, no Ipaminas Esporte Clube, no Cidade Nobre.

“Já recebemos novas sinalizações positivas de apoio após a confirmação do prefeito Gustavo (Nunes) em nossas fileiras e, seguramente, o movimento ainda receberá adesões de muito peso nos próximos dias”, comentou Rosângela.

Eleito em 2020 pelo PSL, Gustavo Nunes é mais jovem prefeito da história de Ipatinga (ele tinha 26 anos, contra 28 de Chico Ferramenta em 1989). Na época, ela obteve 45,9 mil votos. Na quinta-feira, antes da votação, ele inclusive teve seu nome citado por Bolsonaro em sua tradicional live que acontece nesse dia, sempre às 19h e alcançava milhares de pessoas em todo o país. Quatro anos depois, Nunes ainda conta com a confiança do líder maior da direita no país e aposta nisso para vencer em 6 de outubro contra o candidato petista, que ao que tudo indica, será a ex-vereadora e ex-chefe de gabinete do Ministério do Trabalho, Lene Teixeira.

Densidade eleitoral

Ainda acerca das últimas eleições e reforçando as evidências quanto à força da direita em Ipatinga, Gustavo Nunes lembrou que Jair Bolsonaro (PL) recebeu nada menos que 89,1 mil votos como candidato à Presidência da República, o equivalente a 65,12% do total da cidade. O atual presidente Luis Inácio Lula da Silva, (PT) foi a escolha de apenas 34,88% dos eleitores e recebeu 47,7 mil votos.

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM