HOME HEADER USIMINAS ALTO FORNO 3

Mulheres ganham maior visibilidade, se tornam líderes nas empresas e diferenças de gênero vão se reduzindo.

Presença feminina em cargos de chefias tem aumentado no Brasil e empresas de tecnologia protagonizam esta tendência.

Em meio às transformações no mercado de trabalho, a mulher tem ganhado espaço no ambiente corporativo, pelo conhecimento, habilidades profissionais, postura comportamental, capacitação e garra ao enfrentar os desafios. No entanto, é na liderança que elas se destacam.

Pesquisas revelam que a participação feminina em cargos de chefia no mundo empresarial tem crescido no Brasil. O estudo Panorama Mulheres 2023, elaborado pelo Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper) e pelo Talenses Group, por exemplo, revelou que o papel das mulheres tanto nas presidências de empresas quanto em outras posições de alta liderança no país saltou de 13% para 17% entre 2019 e 2022.

Diante desse cenário, as empresas de tecnologia têm investido, cada vez mais, em ações que potencializam suas lideranças, especialmente as femininas.

Uma pequena mudança tem sido vista em torno da representatividade feminina na área de tecnologia. É o que mostra um levantamento realizado pela Catho, especializada em recrutamento e seleção, no ano de 2022, onde houve um aumento de 2,1 pontos percentuais de mulheres em cargos de tecnologia em comparação com o ano passado.

No período, a presença feminina em cargos de tecnologia representava 21% e a masculina 78%. Nos dois primeiros meses de 2022, os números já mostraram um avanço: as mulheres têm ocupado 23% dos postos nesse setor, e os homens 76%.

No Leste

Exemplos que corroboram com esses dados é o da Ibi internet – provedor com forte atuação no Vale do Rio Doce e no Vale do Aço – realiza o projeto Liderança de Fibra, que hoje é liderado por mulheres. Trata-se de um treinamento, cuja finalidade é oferecer oportunidades de desenvolvimento e visibilidade para todos os colaboradores dentro da organização. Além disso, a empresa apoia e patrocina projetos como o evento “Conexão Elas”, promovido pelo Sebrae, que aconteceu no ano passado, e cujo objetivo é fortalecer o empoderamento das mulheres em todos os níveis da empresa. As políticas da empresa também são orientadas para a igualdade de gênero, o que abrange não apenas a questão salarial, mas também a distribuição equitativa de vagas e benefícios. Isso significa que não há disparidades salariais entre funcionários de gêneros diferentes que desempenham o mesmo trabalho.

Com uma equipe onde as mulheres são mais de 40% e mais da metade dos cargos de liderança são ocupados por mulheres, a empresa defende que a diversidade é não apenas desejável, mas também lucrativa. Hoje, do total de 310 colaboradores, 23 ocupam cargos de liderança. Desse grupo de líderes, 60,87% são mulheres, que exercem sua função em todas as áreas da organização, incluindo executivas, gerentes e coordenadoras.

A gerente de Marketing, Isabela Haueisen Pechir, que está na empresa desde 2021, tem como principal desafio manter sua equipe alinhada, desenvolvida, confiante e engajada, tanto com os objetivos do negócio quanto no dia a dia do trabalho, de forma saudável. Como trabalha de forma remota, Isabela busca sempre desenvolver habilidades para estreitar a comunicação. “Para que eu seja objetiva, transparente e assertiva e que a ausência de presença física no dia a dia não seja um problema de gestão. Me orgulho de ser uma mulher que está nesta trajetória de liderança feminina e espero contribuir para o avanço desta história, que é recente”, ressalta.

À medida que as mulheres trilham seu caminho na liderança, elas não só quebram barreiras, mas também inspiram futuras gerações a seguir seus passos. A jornada rumo à igualdade de gênero no ambiente corporativo está longe de terminar, mas com empresas comprometidas e mulheres determinadas, o futuro parece promissor.

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM