HOME HEADER CENIBRA 50 ANOS

CMI inicia criação da Escola do Legislativo

A Câmara Municipal de Ipatinga formou um grupo de estudos para analisar a criação da Escola do Legislativo.  O objetivo da Escola do Legislativo é capacitar agentes políticos, servidores públicos e da sociedade civil sobre diversos temas de interesse político, institucional e social.

A ideia faz parte do conjunto de ações propostas pelo Planejamento Estratégico Situacional Governamental (Pesg), elaborado em julho deste ano, por iniciativa da atual gestão do legislativo municipal. Programas, cursos, palestras e estudos relacionados a diversos temas passarão a ser ofertados gratuitamente.

Segundo o superintendente da Câmara de Ipatinga, Marcelo Afonso, até o final do mês de dezembro, será entregue uma sala de treinamento que abrigará a agenda de cursos da futura Escola do Legislativo em Ipatinga. A referida sala faz parte de um conjunto de reformas e modernização dos espaços no prédio da Câmara Municipal. “A implantação da Escola do Legislativo é um sonho de todos os servidores, e conquistá-lo até o final do ano é uma missão que vamos perseguir”, salientou Afonso. A previsão inicial é de que o espaço fique pronto até a segunda quinzena de dezembro deste ano, com a possibilidade de receber cerca de 20 alunos por turma. Alguns municípios mineiros já implantaram esse projeto.

Uma reunião foi realizada esta semana para tratar sobre o tema. Ficou definida a criação de um projeto de resolução para colocar em prática a proposta. A intenção é colocar a matéria na pauta de votação já no período ordinário de novembro, que se inicia no próximo dia 20.

Segundo o servidor Amaury Gonçalves, que foi nomeado coordenador para implantação da Escola do Legislativo em Ipatinga, o projeto, além de profissionalizar servidores públicos e outros alunos interessados, terá um papel fundamental na promoção da cidadania e no estreitamento do relacionamento do Poder Legislativo com a sociedade.

“Começamos o projeto pela constituição de uma equipe de trabalho multidisciplinar, com ênfase na discussão de uma proposta que atenda essencialmente o interesse público, garantindo melhor formação dos nossos servidores, sejam eles efetivos ou comissionados”, afirmou o coordenador.

O atual presidente do legislativo, vereador Jadson Heleno, esteve reunido em Belo Horizonte recentemente para conhecer a estrutura da Escola do Legislativo na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. “No projeto de resolução que está sendo elaborado, também estamos observando o princípio da economicidade, porque isso  sugere a possibilidade de parcerias por meio da celebração de convênios com outras instituições públicas, na cessão de especialistas nas áreas do Direito, Economia, Orçamento, Recursos Humanos, Gestão Pública, dentre outros profissionais de áreas correlatas”, lembrou Jadson.

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM