Ipatinga decreta estado de emergência devido à SRAG

Medida visa melhorar a resposta ao aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no município. Secretaria de Saúde pede a habilitação de oito novos leitos de UTI pediátricas e dez leitos de suporte ventilatórios, além de equipamento e pessoal para atender a demanda.

O prefeito Gustavo Nunes decretou nesta sexta-feira, 24, situação de estado de emergência na saúde pública devido ao aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em crianças. A decisão foi tomada devido à insuficiência de leitos pediátricos disponíveis para atender à demanda crescente, comprometendo a capacidade de resposta do sistema de saúde.

O decreto autoriza a tramitação prioritária e urgente dos processos relacionados ao enfrentamento da SRAG, a adoção de todas as medidas que forem necessárias e terá duração inicial de 90 dias, com possibilidade de prorrogação.

A Secretaria de Saúde orienta a população a procurar atendimento médico imediato em casos de sintomas graves de síndrome respiratória, especialmente em crianças, e reforça a importância da prevenção e do diagnóstico precoce para minimizar complicações.

Ações de enfrentamento

Para amenizar a situação, a Secretaria de Saúde pediu a habilitação de oito novos leitos de UTI pediátricas, dez leitos de suporte ventilatórios, contratação de profissionais para atender a demanda pediátrica, além de todo equipamento necessário para dar suporte aos atendimentos.   

 

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM