Governo marca novo leilão da 381

Em comunicado emitido esta semana, a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) definiu a data para mais uma tentativa de leiloar a concessão da BR-381, no trecho entre Belo Horizonte e Leste de Minas. O leilão está marcado para o 29 de agosto.

A expectativa é que a concessão gere mais de R$ 9 bilhões em investimentos e milhares de empregos diretos, indiretos e de efeito-renda na região. Entre as principais obras previstas estão a duplicação de pistas, a construção de novos viadutos e passarelas, a adequação de interseções e a implantação de sistemas de pesagem e monitoramento.

Este será o quarto leilão da BR-381. As tentativas anteriores, em 2021 e 2022, não obtiveram sucesso. As principais causas para os fracassos foram a alta inadimplência dos pedágios na região e a instabilidade do cenário econômico.

Para tornar o leilão mais atrativo, a ANTT revisou o edital, incluindo a redução do valor máximo do pedágio e a flexibilização das praças de cobrança. A agência também está buscando parcerias com o setor privado para financiar os investimentos.

A expectativa do governo e da ANTT é que o leilão seja bem-sucedido desta vez, viabilizando a realização das obras e melhorias necessárias na 381. A concessão da rodovia é vista como um importante passo para o desenvolvimento econômico e social da região Norte de Minas Gerais.

Dados gerais:
Extensão do trecho: 303,4 km
Valor estimado dos investimentos: R$ 9 bilhões
Prazo da concessão: 30 anos
Data do leilão: 29 de agosto

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM