Suspiros no profundo: Estudante de Letras ipatinguense lança seu primeiro livro de poesias

O estudante de Letras, Antônio Gabriel Romera, promove neste domingo, 26, lançamento do seu primeiro livro de poesia. A data coincide com o seu aniversário de 24 anos e o evento acontece à tarde, no Café Casa de Santo Antônio, rua Graciliano Ramos, 471, Cidade Nobre; e, à noite, no Beco, ao som de jazz, na ‘rua Jacarandá, 413, Horto.

A obra é uma compilação de poesias que ele escreve desde a adolescência. “Transformei a minha experiência pessoal e a minha conexão com Ipatinga nesse livro, Suspiros no profundo, buscando explorar e expressar os meus sentimentos mais profundos. Meus escritos propõem reflexões sobre a vida e a sociedade por meio da linguagem poética”, destacou Antônio, que contou com sua melhor amiga, a design Cindy Guinsberg, para conceber a obra.

A produção independente, sem a parceria de uma editora, leva a assinatura de Antônio Romero como criador, escritor, editor, diagramador e ilustrador. “Também assumi a divulgação, o lançamento e a revisão, que fiz à minha maneira, sem estar preso às regras do português”, comenta o escritor, que também assumiu a missão de vender os 250 exemplares do Suspiros no profundo, com 70 páginas.

Ainda sobre o processo criativo e a relação com as normas gramaticais, Antônio Romero conta que emprega letras maiúsculas no início de frases e muitos verbos e pronomes reflexivos, buscando conectar o leitor a sentimentos profundos. “Cada palavra eleita para compor as poesias, como vomitar-me, ou escolha estilística é intencional e possui um significado próprio, linkado com o que penso, sinto, busco manifestar”, frisa o poeta, que abraça a escrita como sua companhia.

Sobre a sua obra, Antônio comentou que cada uma de suas poesias é um suspiro profundo trazendo à superfície sentimentos adormecidos. “Não é para os fracos de vísceras. A sociedade não permite, o tempo não permite, a pressa não permite que vivamos nada além da vida rasa. Por isso, considero um ato de rebeldia estimular a vivência de sentimentos profundos, sem o atropelamento do que o mundo nos oferta diariamente, o efêmero, o que voa”.

Aos 17 anos, Antônio Romera atualmente cursa o 7º período de Letras na Faculdade Única, em Ipatinga.  Quanto aos principais escritores que inspira Antônio, ele cita Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector e Cesário Verde. Além da paixão pela literatura, Antônio é apaixonado pela música brasileira, especialmente, pelas composições de Adriana Calcanhotto.

 

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM