Troca-troca de partidos movimenta Câmara de Vereadores de Ipatinga

O fim do prazo definido pela lei eleitoral para que possíveis candidatos a cargo público se filiem a algum partido político provocou, na última sexta-feira, 5 de abril,  um verdadeiro corre-corre nos bastidores da Câmara de Vereadores de Ipatinga. Dos atuais 19 parlamentares eleitos em 2020, apenas quatro permanecem nos mesmos partidos. São eles Cida Lima e Cecília Ferramenta, do PT, Vianei, Avante e Avelino Cruz, PP.

Mudaram de partido os vereadores Ademir Cláudio, do MDB para o Cidadania e Adiel Oliveira do PMN para o PMB. Quem também passa a fazer parte da nova bancada no Partido da Mulher Brasileira é Welington da Floricultura, que deixou o PSC. Toninho Felipe deixou o Cidadania e filiou-se no AGIR. Os vereadores Tunico e Nivaldo Antônio saíram respectivamente do Podemos e do PTC e passam a fazer parte do PP e do PMN. Hermínio Bernardo saiu do PSDB e filiou-se ao Novo.

O União Brasil contará com duas cadeiras na Casa, as dos vereadores Coronel Silvane e Professor Ney, que saíram do PSC e PTC. O presidente da Casa, Ley do Trânsito saiu do PSD e filiou-se ao PL. Já a vereadora Mariene Patrícia saiu do Patriotas e foi para o Republicanos.

Quem também de legenda foi Chiquinho, que foi do PP para o Cidadania e Daniel do Bem, que saiu do PSD e passa a fazer parte do PV. Outro que também migrou de partido foi Fernando Ratzke, que saiu do Cidadania e filiou-se ao Rede Sustentabilidade. Jaá Zé Terez saiu do PSL e filiou-se ao Avante.

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM