Vale bate recorde de produção

A produção de minério de ferro da Vale atingiu 96,755 milhões de toneladas no segundo trimestre, uma alta de 5,3% em comparação a igual período do ano passado, quando foram produzidas 91,849 milhões de toneladas do insumo. Na comparação com as 81,953 milhões toneladas produzidas nos três primeiros meses de 2018, houve alta de 18,1%. Os dados constam de relatório de produção da empresa, referente ao segundo trimestre, divulgado nesta segunda-feira (16).
A produção de pelotas no segundo trimestre foi de 12,838 milhões de toneladas, 5,1% maior que em igual período do ano passado, quando a produção foi de 12,215 milhões de toneladas. Em comparação com o primeiro trimestre deste ano, quando foram produzidas 12,780 milhões de toneladas, houve alta de 0,5% na produção de pelotas.
No primeiro semestre, a produção de minério de ferro totalizou 178,707 milhões de toneladas, e subiu 0,4% em relação aos seis primeiros meses do ano passado. Já a produção de pelotas, de 25,618 milhões de toneladas no primeiro semestre, avançou 4% na mesma comparação.
A produção de níquel da Vale no segundo trimestre foi de 66,2 mil toneladas, uma alta de 0,3% em comparação ao segundo trimestre do ano passado, quando foram produzidas 66 mil toneladas. Em relação ao primeiro trimestre deste ano, houve alta de 13%.
A produção de carvão da Vale totalizou 2,871 milhões de toneladas no segundo trimestre, 5,5% abaixo de igual período do ano passado, e 3,1% inferior ao do primeiro trimestre de 2018.
No segundo trimestre, a produção de ouro da empresa foi de 114 milhares de onças, uma alta de 3,6% ante igual período do ano passado, e 0,9% acima do primeiro trimestre de 2018. Em relação aos seis primeiros meses de 2017, a alta foi de 5,6%.

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM