Marketplace cresce no Brasil

O número de vendedores em marketplaces cresceu 24% em 2017 e parte desce crescimento é oriundo dos pequenos e médios empresários, que cada vez mais apostam no segmento. Eles são atraídos pelas vantagens de poder disponibilizar seus produtos num canal robusto e repleto de consumidores cativos. Além de ter a chance de conquistar maior visibilidade por meio do marketing digital realizado pelos marketplaces.

Mas antes de ingressar num marketplace é fundamental ao pequeno empresário estabelecer uma grande eficiência no atendimento e imprimir uma gestão unificada do estoque, uma vez que o negócio poderá ter uma demanda maior do que o costume. Ter bom controle de produtos e equipe para realizar contato com o cliente é uma exigência imprescindível. Outro ponto fundamental é a política de entrega e devoluções estabelecidas pelas plataformas.

Não pode haver a mínima ocorrência de atraso e falha nas entregas. Quem não segue estes critérios corre risco de ressarcir o cliente ou ser descadastrado do canal de vendas. Apesar dos desafios a tendência é que a quantidade de pequenos e médios empreendedores no marketplace continue a crescer. Estender os canais de vendas na nova ferramenta digital é um caminho sem volta para quem pretende conquistar nova gama de consumidores. O custo benefício se mostra altamente satisfatório.

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM