HEADER HOME – TERNIUM STJ

Oi é a que mais paga os executivos

Apesar de estar em recuperação judicial, a Oi foi a empresa do setor de telecomunicações do Brasil que desembolsou as melhores remunerações para seus executivos em 2017. A empresa também pagou a maior remuneração para um diretor, de R$ 15,5 milhões, um valor 47,6% superior ao registrado em 2016. Os três integrantes da diretoria estatutária da Oi tiveram uma remuneração média de R$ 13,2 milhões no ano passado, avanço de 57%, sendo que o valor da menor remuneração foi de R$ 11,8 milhões.

O conselho de administração da Oi também teve a maior remuneração entre as empresas de telecomunicação. O maior valor foi de R$ 1,3 milhão, mesmo valor de 2016. O valor médio caiu 10,4%, para R$ 673 mil.
A TIM ficou em segundo lugar no ranking de maiores valores pagos a um membro de sua diretoria. No ano passado, o executivo mais bem pago ganhou R$ 8,2 milhões, valor que representa um aumento de mais de duas vezes em relação ao máximo de 2016. Os oito integrantes da diretoria receberam, em média, R$ 3,5 milhões, alta de 46%.
ara o conselho de administração, a TIM pagou, em média, R$ 387 mil aos seus integrantes, baixa de 2%.

A companhia informa que os dados do ano passado não consideram o recolhimento feito para a Previdência. O valor máximo pago a um conselheiro foi de R$ 428 mil, queda de 6,6%. O menor foi de R$ 332,1 mil.
No caso da Telefônica Brasil, a comparação dos valores máximos pagos à diretoria foi influenciada, em 2016, pelo pagamento dos encargos relacionados ao desligamento do então diretor-presidente Amos Genish, gerando uma média de remuneração de R$ 31 milhões. Em 2017, a empresa gastou, em média, R$ 4 milhões com seus três diretores, com o maior salário.
O montante médio de remuneração dos membros do conselho de administração da Telefônica Brasil no ano passado somou R$ 412,7 mil, queda de 0,7%, enquanto o maior valor pago subiu 6,5%, a R$ 475,5 mil.

 

LEIA TAMBÉM

AG – PILOTO – HOME E SIDEBAR – 300×250

LEIA TAMBÉM